ASSEMBLEIA DE DEUS NO BRASIL

domingo, 12 de fevereiro de 2012

NADA ALÉM DE UMA BOTIJA DE AZEITE




TEXTO: 1 Reis 4.1-2

"E uma mulher, das mulheres dos filhos dos profetas, clamou a Eliseu, dizendo: Meu marido, teu servo, morreu; e tu sabes que o teu servo temia ao SENHOR; e veio o credor, para levar os meus dois filhos para serem servos. E Elizeu lhe disse: que te hei de fazer? Dize-me o que é que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite".

INTRODUÇÃO

Qual é o maior tesouro de uma mãe? Os filhos. Por eles era é capaz de fazer o inacreditável. Numa terra marcada pela escassez e a fome era comum os credores levarem como paga das dívidas além dos bens, os filhos. Existem casos em que a família inteira era levada como escravos para saldar as dívidas. No Novo Testamento temos um exemplo: "E, não tendo ele com que pagar, o seu senhor mandou que ele, e sua mulher e seus filhos fossem vendidos, com tudo quanto tinha, para que a dívida se lhe pagasse." (Mateus 18:25).

I - UM DEUS GRANDE PARA UM PROBLEMA DIFÍCIL

A mulher era viúva, desprovida de bens materiais, nada tinha senão uma botija de azeite. Seus dois filhos eram seu único tesouro. Seu mundo estava prestes a desmoronar, os credores estavam à porta e iriam levar seus filhos. Não consigo imaginar quão amargo não seria para aquela mulher. Mas ela não baixou a cabeça diante daquela tribulação. Ela não se isolou ou se pôs a amaudiçoar a vida. Ela teve atitudes positivas: 1) Buscou comunicar sua tribulação com pessoas espirituais, o homem de Deus, chamado Elizeu. 2) Ela tinha a referência de seu marido. Vivo, ele era dos filhos dos profetas. Era também homem de Deus. 3) O marido falecido podia não ter conta na terra, mas no céu ele tinha: "Tu sabes que meu marido temia ao Senhor! (v.1)."

Para um problema tão difícil, só buscando a intervenção do Deus grande!
E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.
2 Reis 4:2
E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.

Então disse ele: Vai, pede emprestadas, de todos os teus vizinhos, vasilhas vazias, não poucas.

Então entra, e fecha a porta sobre ti, e sobre teus filhos, e deita o azeite em todas aquelas vasilhas, e põe à parte a que estiver cheia.

Partiu, pois, dele, e fechou a porta sobre si e sobre seus filhos; e eles lhe traziam as vasilhas, e ela as enchia.

E sucedeu que, cheias que foram as vasilhas, disse a seu filho: Traze-me ainda uma vasilha. Porém ele lhe disse: Não há mais vasilha alguma. Então o azeite parou.
2 Reis 4:2-6
E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.

Então disse ele: Vai, pede emprestadas, de todos os teus vizinhos, vasilhas vazias, não poucas.

Então entra, e fecha a porta sobre ti, e sobre teus filhos, e deita o azeite em todas aquelas vasilhas, e põe à parte a que estiver cheia.

Partiu, pois, dele, e fechou a porta sobre si e sobre seus filhos; e eles lhe traziam as vasilhas, e ela as enchia.

E sucedeu que, cheias que foram as vasilhas, disse a seu filho: Traze-me ainda uma vasilha. Porém ele lhe disse: Não há mais vasilha alguma. Então o azeite parou.
2 Reis 4:2-6
E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.
2 Reis 4:2
E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.
2 Reis 4:2
E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.
2 Reis 4:2
E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.
2 Reis 4:2
E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.
2 Reis 4:2

II - COMO POSSO AJUDÁ-LA?

A Nova Versão Internacional traduz essa indagação do profeta Elizeu desta forma: "Como posso ajudá-la?". Diante daquela triste situação aquela mulher precisava de ajuda urgente. Ela sabia que o lugar da milagre estava em Deus! Não sabia como, mas que algo Deus iria fazer! "Vós, os que temeis ao SENHOR, confiai no SENHOR; ele é o seu auxílio [amparo] e o seu escudo".
(Salmos 115:11); "E disse: Na minha angústia clamei ao SENHOR, e ele me respondeu; do ventre do inferno gritei, e tu ouviste a minha voz" (Jonas 2:2).


III - O QUE VOCÊ TEM EM SUA CASA?

Uma lição que aprendo: o milagre de Deus poderia ser ordenado alí, naquele exato momento. Afinal, o profeta Elizeu, como homem de Deus poderia declarar a vitória ali mesmo. Mas ele pergunta: "Dize-me o que é que tens em casa" (cf. v. 1-2).

A casa é nosso lugar secreto. Lugar de intimidade. A Constituição brasileira diz que é lugar inviolável! A lugar de encontro da pessoa com Deus. No silêncio do quarto, em secreto com Àquele que tem poder para ordenar à bravesa do mar e ele lhe abedecer!

Ele diz que não tem absolutamente nada em casa! Para não zerar no todo, ela diz que tem apenas uma botija de azeite. Uma vazilha apenas! Um objeto que perde sua utilidade diante de uma escassez como a daqueles dias! Mas ela tinha alguma coisa!

O milagre acontece a partir daquilo que temos e não do que não temos! Eu tenho fé. Ótimo! "Ora, sem fé é impossível agradar-lhe [Deus]; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam" (Hebreus 11:6). Mas a fé em si, isolada, sozinha, é inoperante! É preciso ter atitude! "Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta" (Tiago 2:26).

As atitudes da mulher: 1) Ela identificou o problema: era grande, urgente, inadiável. 2) Ela se mobilizou para o enfrentamento do problema. Crise não se deve guardar, nem se ficar postergando, é preciso agir. 3) Ela buscou ajuda de pessoas certas. Pessoas realmente espirituais são habilitadas por Deus para ajudar efetivamente aos que a eles se achegam. Quem focaliza o problema é fuxiqueiro e inápto. Profeta Elizeu, sem pestanejar perguntou: "Em que posso ajudá-la? O que você tem em casa?" E pronto! Homens e mulheres de Deus agem assim.

IV - DEUS CONVERTE O NADA EM TUDO!

O profeta Elizeu mandou que ela agisse conforme o que se tinha: "Vai, pede emprestadas, de todos os teus vizinhos, vasilhas vazias, não poucas". (2 Reis 4:3). Acredito que a vizinhança naturalmente começou a achar estranho aquele comportamento. Num tempo de escassez, de fome, a mulher saiu pedindo emprestado vasos vazios! Em grande quantidade! Uma santa loucura! "Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens" (1 Coríntios 1:25).

"Então entra, e fecha a porta sobre ti, e sobre teus filhos, e deita o azeite em todas aquelas vasilhas, e põe à parte a que estiver cheia"(2 Reis 4:4). Ela vez axatamente o que o profeta de Deus havia de ordenado.

Veja como se dá o processo de encontro com o milagre! No âmbito do lar. "Então entra, e fecha a porta sobre ti, e sobre teus filhos". Depois que eles, reunidos dentro da casa, foram postas todas as vasilhas agrupadas num canto da casa e a mulher começou a encher casa vasilha com uma única botija de azeite! Um dos elementos decisivos da fé é a obediência, o outro é a fé! O volume de azeite saído de um único recipiente quebrou a lei da física das capacidades volumétricas! Ora, se Àquele que ordenou ao mar e o vento para que se calassem e se aquietassem não tem poder para operar milagrosamente na vida dos que O buscam?


CONCLUSÃO

Recetemente presenciei a aflição de uma mãe que recebera um telefonema anônimo no qual a pessoa se dizia ter raptado sua filha. Toda a assistência das pessoas próximas não puderam acalmar seu coração. Ele tremia convulsivamente clamando a Deus pela sua filha. Depois de alguns minutos que pareciam durar uma eternidade, constatou-se que tudo não passava de uma tentativa de extorsão mediante um falso sequestro! A filha estava sã e salva na sala de aula junto com seus colegas de escola.

Imagine a mãe viver a expectativa de nunca mais ver seus dois filhos, ela já sendo viúva! Não consigo imaginar num problema tão complexo e difícil com este dessa mãe. Mas a palavra de Deus diz: "Porque para Deus nada é impossível" (Lucas 1.37). "Pela opressão dos pobres, pelo gemido dos necessitados me levantarei agora, diz o SENHOR; porei a salvo aquele para quem eles assopram." (Salmos 12:5).

"E sucedeu que, cheias que foram as vasilhas, disse a seu filho: Traze-me ainda uma vasilha. Porém ele lhe disse: Não há mais vasilha alguma. Então o azeite parou". Note a expressão: "o azeite parou", diferente de "o azeite acabou". (2 Reis 4:6).

A ordem foi para que a mulher negociasse e adminitrasse bem o azeite, o milagre de Deus!

Deus está desejoso para fazer milagres em nossa vida em qualquer tempo, em todo o lugar. Mas é preciso nos aproximarmos dEle, confiarmos nEle para que algo extraordinário possa fluir do céu ao nosso encontro. Não importa se seu problema é de ordem física, espiritual, material, afetiva. Se é financeiro como o era o desta mulher da narrativa, não importa!

Deus quer fazer um milagre! Algo que fique marcado! Para que o Seu nome seja sempre glorificado em nossas vidas! Confie e busque o milagre de Deus, os céus estão cheios da graça e do poder para o nosso bem.
E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.

Então disse ele: Vai, pede emprestadas, de todos os teus vizinhos, vasilhas vazias, não poucas.
2 Reis 4:2-3

Um comentário: